quarta-feira, 2 de julho de 2008

ao inferno com suas fotografias de felicidade!
eu sou apenas aquele da higiene das maçãs
sou o doce lábio que compactua com os olhos
que fazem par com braços, fígados e fios de cabelo
sou a criancinha,
a bela criancinha.
aquela que joga de mãos dadas com seus coleguinhas.
sou estúpido demais pra não acreditar na excitação momentânea
sou bipolar
o insone bipolar...
uso as reticências pra enfatizar a perspectiva de futuro.
sou a brecha entre o escuro e o claro.
mas sim, isso é sim
aquilo que vem do espírito
é observar o mundo com as mãos
é ver que a imagem pode partir do toque feito arrepio
acreditar, também, é futuro.
por que as mãos percorrem os olhos, ouvidos e boca.
a mão ouve. creio nisso.
hoje não tenho inferno astral.
vou celebrar meu coma induzido de sobriedade!

5 comentários:

Anônimo disse...

na tarde vazia de um dia qualquer, alguém pensou que o registro de qualquer cor seria o suficiente para relembrar no futuro uma tarde vazia qualquer.

daniel g disse...

pq calçada de ferro?

Leonardo Filizolla disse...

'acreditar, também, é futuro.'

Com certeza, companheiro.
:)

Leonardo Filizolla disse...

nova postagem.

www.carimbador-maluco.blogspot.com

Ôhana disse...

isso aqui tem um gosto indiscutível:
"eu sou apenas aquele da higiene das maçãs
sou o doce lábio que compactua com os olhos
que fazem par com braços, fígados e fios de cabelo".